sexta-feira, 15 de junho de 2018

Num assunto não relacionado...

...com este blog, deixo aqui um endereço:

O que me dá na telha

Não está no espaço original, que foi ocupado por indonésios, mas tem um sitio novo!
Está ali apenas e só para memória, portanto, quem se lembra daquilo e quiser ir ler as aventuras NMistas ou as do Alfredo (em "Como ser um garanhão (edição especial para marrões)"), poderá fazê-lo...

...mas não contem com conteúdos novos por lá, que o meu humor anda (muito) mau e já me deixei de coisas escritas há bastante tempo (e não tenho sequer a mínima vontade de lá voltar)!

Abraços

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Adenda ao post anterior

Ora bem, umas semanas depois a música está em 159º!

(Bem, quem de vós é que mandou para lá a música? Vá, quem quer que tenha sido pode chegar-se à frente...)

Obrigado

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Só para avisar...

...que apesar de eu não fazer a mais pálida ideia de como isto aconteceu, e mais ainda, apesar do erro ortográfico, chamaram-me à atenção o facto de uma música deste projecto estar na Euroindiemusic charts em 395º lugar!!!!

Fica um agradecimento a quem fez isto acontecer, propositada ou distraidamente!

Profundamente grato!


quinta-feira, 29 de março de 2018

Quem me segue...

...no livro das caras, tem visto, de há uns meses para cá algumas fotos a aparecerem no meu perfil.
Aquilo que começou com estas duas guitarras...


...foi evoluindo, desde a altura em que foram desmanchadas, desfeitas, "estraçalhadas", cortadas, lixadas, até ter chegado aqui:



(Sim, são as mesmas guitarras, só que não são! O mogno do corpo é o mesmo e os pickup's também...)

E como o pessoal por lá andava a pedir para as ouvir, eu resolvi aproveitar para mostrar que uma ruiva metaleira também pode ser doce e de caminho arranjava qualquer coisa para pôr aqui, que isto é actualizado cá com uma frequência...

Mas adiante.

Aqua luminae só pela Rusty e Persephone


terça-feira, 2 de janeiro de 2018

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Almada TV acerca do projecto

Entrevista feita no meu estúdio acerca deste projecto pela Almada TV.

Partilhem e divulguem :)



Um fortíssimo abraço ao nosso amigo Observador, que tornou isto possível, e a todo o Staff da Almada TV. Um bem-haja a todos.

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

UNICEF

Olá a todos :)

Após alguma troca de correspondência e pedidos de esclarecimento, recebi esta missiva electrónica da UNICEF, que partilho aqui com todos vós, uma vez que é mais vossa que minha, embora venha em meu nome.

"Caro Sr. Cláudio Gil,

Após análise do descritivo da iniciativa apresentada e sem obstáculo aparente, resta-nos agradecer reconhecidamente a sua determinação em ajudar as crianças mais desprotegidas do mundo.

UNICEF faz a diferença na vida de milhões de crianças vulneráveis em todo o mundo, levando a cabo projectos de médio e longo prazo no terreno que ajudam a salvar vidas, a proteger e a criar as condições próprias da infância. Todos os anos, milhões de crianças morrem de causas evitáveis. Com a sua ajuda, a UNICEF trabalha para assegurar o acesso a água potável, a cuidados de saúde e imunização, a melhoria da nutrição, educação e protecção contra a violência e a discriminação, para garantir a sobrevivência e o desenvolvimento saudável das crianças mais vulneráveis e marginalizadas do mundo. Iniciativas como a do Sr. Cláudio Gil fazem a diferença!

Em nome das crianças cuja vida ajuda a melhorar, muito obrigada!"


Ora então, para os que ainda acreditam no Pai Natal e alguma vez fizeram um pedido descabido na carta ao mesmo (eu pedi um Ferrari Testarrossa nos idos dos 90as), poderão anexar o texto como justificativa para o pedido.
Já eu, infelizmente, já não acredito no Pai Natal (senão ainda lhe cravava o raio do Ferrari)!

Aproveito também para informar que, aparte este texto, com nada mais poderemos contar da parte da UNICEF!

E, já agora, uma vez que ainda tenho 400 CD's em casa, se alguém quiser uma prenda de natal solidária ou se quiserem torturar a velhota refilona do andar de baixo, estão à vontade.

Um abraço a todos




segunda-feira, 16 de outubro de 2017

E o País arde...

Infelizmente, por mão de tamanhos ignorantes que não se apercebem do mal que fazem por meia-dúzia de tostões...

À semelhança do que já fiz antes, ofereço o Álbum de Teatrum, na versão digital (até porque não existe outra) a quem quer que seja que faça donativos seja de que montante.

Quem quiser pode enviar um e-mail para o endereço que consta ali à direita e eu envio o link para descarga.