quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

UNICEF

Olá a todos :)

Após alguma troca de correspondência e pedidos de esclarecimento, recebi esta missiva electrónica da UNICEF, que partilho aqui com todos vós, uma vez que é mais vossa que minha, embora venha em meu nome.

"Caro Sr. Cláudio Gil,

Após análise do descritivo da iniciativa apresentada e sem obstáculo aparente, resta-nos agradecer reconhecidamente a sua determinação em ajudar as crianças mais desprotegidas do mundo.

UNICEF faz a diferença na vida de milhões de crianças vulneráveis em todo o mundo, levando a cabo projectos de médio e longo prazo no terreno que ajudam a salvar vidas, a proteger e a criar as condições próprias da infância. Todos os anos, milhões de crianças morrem de causas evitáveis. Com a sua ajuda, a UNICEF trabalha para assegurar o acesso a água potável, a cuidados de saúde e imunização, a melhoria da nutrição, educação e protecção contra a violência e a discriminação, para garantir a sobrevivência e o desenvolvimento saudável das crianças mais vulneráveis e marginalizadas do mundo. Iniciativas como a do Sr. Cláudio Gil fazem a diferença!

Em nome das crianças cuja vida ajuda a melhorar, muito obrigada!"


Ora então, para os que ainda acreditam no Pai Natal e alguma vez fizeram um pedido descabido na carta ao mesmo (eu pedi um Ferrari Testarrossa nos idos dos 90as), poderão anexar o texto como justificativa para o pedido.
Já eu, infelizmente, já não acredito no Pai Natal (senão ainda lhe cravava o raio do Ferrari)!

Aproveito também para informar que, aparte este texto, com nada mais poderemos contar da parte da UNICEF!

E, já agora, uma vez que ainda tenho 400 CD's em casa, se alguém quiser uma prenda de natal solidária ou se quiserem torturar a velhota refilona do andar de baixo, estão à vontade.

Um abraço a todos




10 comentários:

  1. Pelo menos deram conta e agradeceram. Foi bonito.

    Boa tarde Sô Gil

    ResponderEliminar
  2. Foi bonito, sim!

    Daí eu ter partilhado aqui porque, como disse, é tão vosso como meu!

    Boa tarde D. noname, como tem passado? :)

    ResponderEliminar
  3. Nos dias que correm, saber-se que as iniciativas/donativos e afins não caem em saco roto, já é uma satisfação. Independente da magnitude da mesma.

    A nossa foi grande.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi e continuará a ser enquanto houver CD's para distribuir :)

      Já concertos, a menos que eu mostre algumas francas melhoras dos discos do esqueleto, será coisa que não acontecerá...

      (É a bidita, ou como disse o outro, cá se fazem-se, cá se paguem-se! As estupidezes dos 20's vieram assombrar-me aos 40's)

      Fortíssimo abraço :)

      Eliminar
  4. respondendo ou não eu não duvidaria de que o Claudio tinha entregue. Neste momento não posso comprar mais CDs, o pouco de que podia dispôr já saiu para ajudar outras causas.
    Rápidas melhoras.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Elvira,

      Já ajudou :) Por isso mesmo quis partilhar estas palavras consigo e com todos os que, como a Elvira, ajudaram :)

      Quanto às melhoras, já não vou contando muito com elas! Isto é crónico, portanto é algo que hei-de arrastar comigo...

      Abraço enorme :)

      Eliminar
  5. Ainda bem que disseste... Vamos continuar a divulgar a campanha!
    O Inverno fica mais bonito assim :)

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel,

      Já estive no teu canto e vi. Apenas te posso oferecer a minha gratidão :)

      Bj Grande :)

      Eliminar
  6. Um projecto que abracei desde o inicio e sempre em destaque no meu canto!
    Não sei se a Unicef enquanto organização pode fazer algo pelo projecto, mas aqueles que poderiam e o deveriam fazer, e aos quais lhes foi dado conhecimento atempadamente para divulgação, preferem ocupar horas e horas com programação de encher chouriços do que disponibilizarem 10 minutos de tempo de antena a divulgar um projecto de ajuda humanitária!

    Ainda assim, continuo a acreditar que esses 400 Cd’s hão-de chegar aos destinatários :)

    Bjs

    ResponderEliminar

  7. Gostei de ler!
    Sabe bem cá dentro quando nos juntamos a causas de valor.
    Bem hajas...

    ResponderEliminar