sexta-feira, 1 de dezembro de 2017


R.I.P.

A música Portuguesa fica mais pobre!

11 comentários:

  1. Disso não tenho a menor dúvida, Amigo Gil! :(

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. E este ano foi ermpobrecer à bruta.

    Boa noite Sô Gil

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eles estão todos cada vez mais velhos, pá...

      ...o problema é que eu também!

      :)

      Eliminar
  3. Filhos do Desesperamigo

    É a primeira vez que aqui e gosto do que vejo. E logo me deparo com o Rui que foi meu Amigo. Partiu para o nada! Um Senhor (com caixa alta) que me tentou ensinar a
    tocar guitarra e eu niente. O Rui era portista e eu sou sportinguista, mas nada de clubites (aqui para nós que ninguém nos ou...oops lê) que dizia ele são uma merda. Éramos apenas amigos - e chegava.

    Mas... quem sou eu para falar sobre o nosso Rui? Não componho. não toco (campainhas quiçá...) não canto, não faço parte de nenhum conjunto e etc. Sou um homem com 76 anos que aprendeu com o Rui a canção da Amizade. E isto diz tudo.

    Abç do teu amigo
    Henrique, o Leãozão

    Agora vais tu à NOSSA TRAVESSA. É a teoria de reciprocidade. O Einstein também tinha mas a dele era... a da relatividade :-)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficáide pois a saber que já sou visitante assuduo.
      Mas desde que me deixei de escritas, até nos comentários estou menos assiduo, não só no seu estimado e prestigiadíssimo canto, mas por toda a Internet. Além disso o tempo não a-bunda, e como tal...

      Fortíssimo abraço daqui até aí e temos de um dia destes repetir o nosso encontro, que foi curto, mas deixou excelentes recordações :)

      Eliminar
  4. Bonita homenagem ao Zé Pedro.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os que me conhecem bem sabem que nunca fui fã de Xutos & Pontapés. Aliás, quando tinha de tocar músicas deles sempre fiz má cara...
      ...não por serem músicas deles, mas porque eram sempre as mesmas (A Minha casinha, mergulho no mar, Para ti Maria...) que eram precisamente aquelas que me irritavam por saturação...
      Dito isto, sempre gostei de alguma músicas (América, p.e.) e é inegável a marca e o legado dos Xutos, que espero que não acabem!

      Mas mais importante, não conheci o Zé Pedro, mas todos os que conheço e que o conheceram sempre disseram que era um bom tipo, sobretudo por pequenas histórias que ouvi de coisas sem importância, mas que dizem muito...

      E é sempre pena quando uma boa pessoa se vai...

      Eliminar
  5. O Keith Richards português partiu.
    E sofreu um bom bocado antes de partir.
    Que repouse em paz agora.
    Aquele abraço, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo!
      Pelo menos, não sofre mais

      Enorme Abraço :)

      Eliminar