quinta-feira, 25 de maio de 2017

O primeiro donativo directo...

...que, diga-se, me deixa extremamente feliz :)


7 comentários:

  1. Muito gostaria de ajudar! Não me é possível derivado a ter apenas um salário e pequeno. (Para 3)Tenho uma criança que ganhei, por maus tratos da progenitora, daí ser mais difícil.

    Boa sorte
    Beijos-bom dia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cidália,

      Há mais que uma maneira de ajudar...

      No meu caso (que diga-se, sou também um teso) passou por fazer o que me foi possível, as músicas, as letras...
      ...no seu pode passar por divulgar esta e outras iniciativas...
      ...ou usar a sua poesia para o fazer, porque não?

      Obrigado e um Bj Grande :)

      Eliminar
    2. Usar a minha poesia?

      Quer falar melhor sobre isso? cidaliaferreira5@gmail.com
      Beijos

      Eliminar
  2. O meu amigo não acha que o donativo devia indicar quem o fez?
    Não se trata de segredo nem de cusquice, apenas do que considero lógico.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apenas não coloquei aqui com o nome porque considero que seja do foro pessoal de cada um e nem toda a gente gosta de alardear o bem que faz.
      Mas, se a pessoa em causa assim o desejar, claro que o divulgarei. E até acho justo dizer quem é, mas não será uma decisão minha revelar o nome sem autorização :)

      Fostíssimo Abraço

      Eliminar
  3. Relativamente ao relevar-se ou não o nome de quem faz os donativos, sou da opinião que se siga o seguinte princípio.

    Quer os donativos sejam feitos directamente à UNICEF, quer sejam enviados para o "coordenador" do projecto, só devem ser divulgadas as pessoas que os fazem se explicitamente o referirem.

    Por várias razões, as pessoas podem querer ou preferir o anonimato, e esse desejo deve ser respeitado.

    ResponderEliminar